Entrar veículo inacabado em ITE

Objetivo

Possibilitar que a ITE realize a entrada de um veículo inacabado em estoque.

Após o sucesso da operação, o veículo estará em estoque.

Quem pode invocar?

ITEs.

Regras de negócio

  • O veículo deve ter saido de um estoque inacabado de um Estabelecimento.
  • O comprador informado na saída deve ser o cliente da ITE.
  • Veículo com roubo/furto está impedido de entrar em estoque.
  • Veículo com alarme está impedido de entrar em estoque.
  • Veículo baixados está impedido de entrar em estoque.
  • Veículo com restrição judicial está impedido de entrar em estoque.
  • Veículo com restrição na Receita Federal está impedido de entrar em estoque.
  • Veículo com restrição pela PGFN (Procuradoria Geral da Fazenda Nacional) está impedido de entrar em estoque.
  • Data de entrada em estoque é obrigatória.
  • Valor de hodômetro e data da medição são obrigatórios. Caso o valor do hodômetro esteja zerado, deve-se informar o valor zero.
  • A chave da nota fiscal eletrônica de remessa é opcional.
    • Quando informada, caso a NFe cadastrada no Sped seja de operação de entrada, deve possuir como emitente CNPJ da ITE solicitante.
    • Quando informada, caso a NFe cadastrada no Sped seja de operação de saída, deve possuir como destinatário o CNPJ da ITE solicitante.

Observações

  • O código cliente montadora informado pela ITE na entrada de estoque indica qual cliente montadora poderá complementar o pré-cadastro do veículo.
  • Os possíveis valores de código cliente montadora para um determinado chassi podem ser obtidos pela consulta de clientes montadoras no Renave-WS.

Passos seguintes

Cliente montadora pode complementar o pré-cadastro do veículo.

A ITE pode sair com veículo de estoque.

A ITE pode cancelar a entrada em estoque.